>>

Greve 24h do dia 21 de Outubro

Greve 24h do dia 21 de Outubro
 
    Por motivo de greve convocada por várias organizações sindicais representativas dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, E.P.E. (ML), para o próximo dia 21 de outubro (terça-feira), prevê-se a paralisação do serviço de transporte do METRO, a partir das 06h30 do dia 21 de outubro, até às 01h00 do dia 22 de outubro, retomando-se o serviço de METRO a partir das 06h30 do dia 22 de outubro.
 
O Conselho de Administração lamenta profundamente todas as perturbações causadas pelos sindicatos aos clientes e à cidade e prosseguirá com determinação o seu propósito de assegurar a sustentabilidade e o futuro do Metropolitano de Lisboa por forma a servir, cada vez melhor, as necessidades da mobilidade de Lisboa.
 
 
Fonte: Metropolitano de Lisboa
 
 

Gasolina desce sete cêntimos e gasóleo três

Gasolina desce sete cêntimos e gasóleo três
 
    É como acordar em janeiro de 2011: quem a partir desta segunda-feira abastecer o seu veículo terá uma fatura idêntica à daquela altura. Gasolina sem chumbo 95 desce da barreia do euro e meio.
 
O preço dos combustíveis em território nacional não estava tão baixo desde de janeiro de 2011. Quase quatro anos depois, a partir desta segunda-feira a gasolina sem chumbo 95 passa a custar 1,459 euros/litro, enquanto o preço do gasóleo se fixa nos 1,258 euros, em média. Os postos de combustível da Galp e da Repsol já exibiam, esta manhã, os novos preços aos automobilistas.
 
Na semana passada, segundo dados do Oil Bulletin, o preço médio de um litro de gasolina 95, em Portugal, fixou-se em 1,529 euros, enquanto o do gasóleo atingiu 1,228 euros. Hoje, os postos da Galp já refletem a descida de sete e três cêntimos, respetiv amente, na gasolina 95 e no gasóleo. A Repsol também já apresenta novos preços, que dão conta uma descida na mesma ordem de valores. Os restantes revendedores devarão fazer refletir estas descidas entre hoje e terça-feira.
 
O preço do litro de gasolina 95 desce assim abaixo da barreira psicológica de 1,50 euros. Consultando os preços nos 2658 postos de combustíveis inscritos no site da Direção-Geral de Energia e Geologia, é possível encontrar, em algumas localidades, gasolina 95 a menos de 1,450 euros: Castro Daire, Setúbal, Mora, Monção e Belmonte, no caso da Galp; Almeida, no caso da Repsol.
 
Segundo a Galp, desde o início do ano os combustíveis que comercializa já desceram 13 cêntimos por cada litro de gasóleo e 10 cêntimos no caso da gasolina sem chumbo.
 
Na última quarta-feira, o barril de Brent atingiu o mínimo deste ano: negociou a 83,79 dólares (65,65 euros). A descida dos preços finais dos combustíveis vem agora refletir esta queda nos preços da matéria-prima. Hoje, ao meio-dia, o barril seguia a negociar nos 85,75 dólares (67,19 euros).
 
 
Fonte: Expresso 20.10.2014
 
 

Obama autoriza mobilização da Guarda Nacional e de militares na reserva para combater o Ébola

Obama autoriza mobilização da Guarda Nacional e de militares na reserva para combater o Ébola
 
  O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, autorizou hoje a mobilização dos membros da Guarda Nacional e de militares na reserva para ajudar nos trabalhos de combate ao vírus do ébola, na África Ocidental.
Estas tropas podem "aumentar as forças ativas de apoio à Operação Assistência Unida, oferecendo assistência humanitária e gestão de recursos relacionados com o vírus do ébola, na região da África Ocidental", disse o presidente norte-americano.
Barack Obama comunicou a sua decisão numa carta enviada ao presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, divulgada pela Casa Branca.
Ainda que o presidente dos Estados Unidos não tenha comunicado o número de efetivos, os meios de comunicação norte-americanos adiantaram que o objetivo desta mobilização é construir 17 centros de tratamento do ébola, na Libéria, cada um com cem camas.
Depois da "luz verde" do presidente, cabe agora ao Departamento de Defesa ordenar o envio dos membros da Guarda Nacional.
Há semanas, Obama anunciou o envio de perto de 4.000 militares norte-americanos para trabalhos de logística, construção de laboratórios, centros de tratamento e treino de pessoal sanitário local.
 
 

Fogo em fábrica abandonada

Fogo em fábrica abandonada
 
    Um incêndio deflagrou, ao final da manhã desta segunda-feira, nas instalações de uma antiga fábrica abandonada na Travessa da Póvoa, no Porto.
Sapadores do Porto e Bombeiros Voluntários do Porto estão na operação de combate às chamas.
 
Apesar de ser numa zona residencial, o incêndio não obrigou à evacuação de prédios. Também não há registo de feridos.
 
Fonte: Jornal de Noticías 20.10.2014
 

União Europeia Ministros acordam aquisição de medicamentos e equipamentos contra Ébola

União Europeia Ministros acordam aquisição de medicamentos e equipamentos contra Ébola
 
    Os ministros da Saúde da União Europeia decidiram hoje intensificar as trocas de informações sobre medidas de controlo de pessoas potencialmente infetadas com Ébola e desenvolver um sistema de aquisição conjunta de medicamentos, ainda experimentais, e equipamentos protetores.
 
Portugal concordou com medidas de controlo do Ébola no embarque de passageiros oriundos de zonas de risco, no âmbito de uma reunião extraordinária de ministros da Saúde da União Europeia realizada em Bruxelas, anunciou o Governo.
 
"Portugal e os restantes países europeus afirmaram concordar que a implementação de medidas de controlo no embarque de passageiros oriundos das zonas de risco é o método mais eficaz de conter a propagação internacional da doença", afirma o Ministério da Saúde em comunicado.
 
O ministério adianta que Portugal declarou igualmente estar "empenhado em ajudar, no âmbito das possibilidades", as medidas locais de combate à doença que continuam a ser mais eficazes para a proteção das pessoas residentes nos países afetados - Libéria, Serra Leoa e Guiné Conacri -- e no resto do mundo.
 
"Não havendo consenso científico sobre a eficácia de medidas de controlo e rastreio de pessoas chegadas à Europa, cada Estado desenvolverá as medidas que forem adequadas ao risco que resulta das ligações de cada um com os países afetados", refere-se no comunicado.
 
Portugal pode decidir adotar medidas de maior controlo, consoante o desenvolvimento da epidemia.
 
Para já, vai ser intensificada a divulgação de informação aos passageiros oriundos de países "selecionados consoante o risco de transporte de doentes" e, logo que indicado, o registo de contactos de pessoas vindas dos países onde grassa a epidemia.
 
"As autoridades de saúde lembram que não existem voos diretos de Portugal para os países onde a epidemia se verifica", lê-se no comunicado.
 
 

Área Reservada