>>

ANA diz que Entregou Socorro a Privados por falta de Proposta da Câmara de Lisboa

 

ANA diz que Entregou Socorro a Privados por falta de Proposta da Câmara de Lisboa
 
    O presidente da ANA, Jorge Ponce de Leão, afirmou esta quarta-feira que os serviços de prestação de socorro e emergência no aeroporto de Lisboa vão ser entregues a um consórcio privado por falta de propostas da câmara municipal.
 
A ANA vai entregar este serviço a um consórcio privado que vai substituir o Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) de Lisboa, a partir de janeiro de 2015, durante oito anos.
 
O presidente da ANA, entidade que gere os aeroportos portugueses e que foi comprada pelo grupo francês Vinci, afirmou hoje no parlamento que a prestação deste serviço foi submetida a um concurso público e que o processo chegou a estar suspenso à espera de respostas da Câmara Municipal de Lisboa.
 
“Quando constatámos que a Câmara de Lisboa não tinha apresentado proposta, contactámos a câmara para saber se havia desinteresse em manter o contrato. Até estendemos o processo, pensamos que [a falta de apresentação de uma proposta] fosse devido a menos atenção, mas depois de um contacto direto não foi apresentada nenhuma proposta”, afirmou, em resposta aos deputados Bruno Dias, do PCP, e Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda.
 
Ponce de Leão sublinhou ainda que a ANA estava “contente com o serviço” prestado pelo RSB de Lisboa e que foi a câmara que entendeu que não devia apresentar nenhuma proposta.
 
” O processo esteve suspenso à espera disso e criou-nos dificuldades”, acrescentou.
 
O responsável da ANA negou, por outro lado, que o novo contrato tenha um valor superior ao que estava a ser pago aos Sapadores de Lisboa.
 
Em declarações anteriores à agência Lusa, o presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais/Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP), Fernando Curto, tinha dito que a ANA pagou à câmara 16 milhões de euros pelo contrato e iria pagar à empresa privada 23 milhões de euros.
 
Fonte: observador.pt
 

Encontro de Trabalho

 

Encontro de Trabalho
 
   Os Bombeiros Voluntários Lisbonenses, pelo seu Comandante Jorge Fernandes e o seu Presidente de Direção estiveram reunidos com o Vereador da Câmara Municipal de Lisboa, numa reunião de trabalho com o intuito de melhorar as condições de trabalho dos Corpos de Bombeiros Voluntários da Cidade de Lisboa.
 
    A notícia foi publicada no dia 15 de Outurbo de 2014, pela Rede Social Facebook, na Página  do Vereador da Proteção Civil da Câmara de Lisboa, Dr. Carlos Manuel Castro, como pode ver abaixo.
 
    "Encontro de trabalho com o Presidente dos Bombeiros Voluntários Lisbonenses, Manuel Garcia Correia, e o seu Comandante, Jorge Fernandes. A melhorar as condições dos bombeiros voluntários da cidade."
 
 

Rescue Bags

Rescue Bags
 
   Os Bombeiros Voluntários Lisbonenses, ofereceram kits de emergência (Rescue Bags) a duas escolas básicas da Freguseia de Santo António, devidamente equipadas para uma primeira intervenção em caso de emergência, por qualquer funcionário ou educador do referido estabelecimento de ensino.
 
    A notícia foi publicada pela Rede Social Facebook, da Página Oficial da Junta de Freguesia de Santo António, como pode ver abaixo no passado dia 9 de Outubro.
 
    "Os Bombeiros Voluntários Lisbonenses ofereceram kits de emergência "Rescue Bags" às duas escolas básicas da Freguesia de Santo António. 
O nosso Muito Obrigado."
 

B.V. Lisbonenses em Reportagem

B.V. Lisbonenses em Reportagem
 
    Os Bombeiros Voluntários Lisbonenses no passado mês de Setembro, foram alvo de uma reportagem no Jornal Mensal "Bombeiros de Portugal"
   
    Essa mesma reportagem na página 24 do referido jornal pode contar com a intervenção do Comandante Jorge Fernandes e o Presidente da Direção Garcia Correia, onde foram abordados alguns temas como, a aquisição de uma veiculo para a intervenção nos muitos parques subterrâneos da Cidade, o futuro novo quartel que já teve os seus terrenos em Sete Rios, bem como a relação complexa mantida com o Regimento de Sapadores Bombeiros da Cidade de Lisboa.
 
 
 

Matiné Dançante

Matiné Dançante
 
    No passado dia 10 de Outubro, teve hoje lugar no Salão Nobre desta associação uma Matiné Dançante organizado pela Junta de Freguesia de Santo António (Lisboa), fruto de uma colaboração estreita entre as duas entidades.
 
    Num ambiente descontraído e alegre, foram muitos os que ali se deslocaram para dar um pezinho de dança com música ao vivo, demonstrando assim que a população sénior pode divertir-se.
 
    A Freguesia de Santo António tem 11.836 habitantes, contando com mais 10.000 flutuantes que a visitam diariamente, distribuídos por 1.49 Km2. Engloba agora as antigas freguesias de São Mamede, São José e Coração de Jesus, tendo sido escolhido este nome no sentido de homenagear o padroeiro popular de Lisboa, que não constava em nenhuma freguesia da cidade.
 
 

Área Reservada